Aqui você verá um pouco mais sobre

Aumentam casos da Sí­ndrome Mão-Pé-Boca em Juiz de Fora


A "Síndrome da Mão-Pé-Boca" é uma infecção que vem causando preocupação nas últimas semanas. Acomete crianças e adultos, e apesar de atingir também outras regiões do corpo, como bumbum, braços e pernas, a síndrome é mais focada nas partes que deram origem ao seu nome (mão, pé e boca).

Para identificá-la é preciso um pouco de atenção. É comum que a vítima apresente febre alta por 2 ou 3 dias e uma possível melhora, antes de um novo quadro febril. E, além das lesões, é possível que ocorram outros sintomas de gripe como coriza, dor de garganta e falta de apetite.

Causado por um vírus, a doença tem um quadro geralmente iniciado com febre, que pode ser alta. Em alguns casos, a temperatura chega a até 39ºC e a febre pode durar de 2 a 3 dias. Logo em seguida surgem as lesões características. O diagnóstico é feito pelo médico com a história e o exame físico do paciente.

Altamente contagiosas, as lesões aparecem na fase da vida em que as crianças costumam levar tudo a boca e ainda não têm a consciência da importância de lavar as mãos. Mas, os adultos também não ficam de fora. Há casos entre pessoas acometidas pela síndrome e que, há tempos, já saíram da infância. Independente da idade, a higiene é a maior aliada na prevenção da síndrome. Na dúvida, procure logo um médico. Agende sua consulta na MedMais pelos telefones (32) 3031-6269 - (32) 98813-4294.


 

Voltar