Saúde da mulher e os desafios da maternidade: ginecologista aborda os cuidados necessários - Blog - MedMais Consultas e Exames - Juiz de Fora - MG
marque sua consulta

Blog

Mais Saúde

Quinta-feira, 19 de Maio de 2022
Saúde da mulher e os desafios da maternidade: ginecologista aborda os cuidados necessários

Um bate papo realizado pela Expertise em Saúde, em parceria com a Cuidadocomtiacarol, debateu a saúde da mulher e os desafios da maternidade. A MedMais Consulta convidou a ginecologista da clínica e participante do evento, Dra. Elisa Fontes de Matos, a abordar o tema tão importante na vida das mulheres aqui em nosso blog.

Na conversa, o foco foi discutir os cuidados necessários com a saúde da mulher e o impacto desses cuidados sobre a gestação, parto, puerpério e saúde da criança.  De acordo com Elisa, devido à reestruturação dos serviços de saúde durante a pandemia, é possível ver, na prática, a necessidade de promover o auto cuidado, acesso à saúde de qualidade da mulher e das gerações futuras. “Tentar ‘des’romantizar a maternidade e alertar sobre a necessidade de priorizar a saúde sempre!”, afirma a ginecologista.

Binômio mãe e filho

Para a especialista, o termo significa falar em continuidade, mesmo se tratando de dois seres separados. “Sabemos que os cuidados com a interferem no desenvolvimento da criança ainda no período gestacional, e as consequências desse cuidado (ou falta dele) repercutem durante toda a vida da criança”, comenta a médica.

Elisa destaca ainda que esses cuidados são necessários quando a mulher ainda não é mãe. Entre eles estão as idas regulares ao ginecologista, realização exames preventivos, métodos contraceptivos adequados ao perfil e histórico, planejamento para uma futura gestação. Durante a gravidez, a mulher deve ter o acompanhamento pré-natal, puerpério e planejamento familiar pós-parto.  

Maternidade

A doutora ressalta que na consulta médica a questão “maternidade,” precisa entender a paciente, o bebê e a criança como seres únicos e reais. “As redes sociais, principalmente, romantizam muito quase tudo (ou tudo, se procurarmos bem). Lá, tudo e lindo, perfeito, sem defeitos. Com isso surgem as frustrações e os questionamentos. Precisamos, enquanto profissionais, demonstrar empatia, compreensão e estudar muito para trazermos acolhimento durante a consulta”, destaca ela.

Elisa comenta que o profissional de saúde não deve chamar a paciente com alguns termos como “mãezinha”, “querida”, “meu bem”, por exemplo. “Não devemos falar ‘é assim mesmo’ quando ela trouxer uma queixa. Precisamos mostrar que aquela paciente é única e que suas dúvidas e preocupações são ouvidas e serão valorizadas. A mulher encontra ‘mil’ desafios. O puerpério por si só já é um grande desafio. Queda hormonal, amamentação, privação de sono. Depois o retorno as suas atividades, trabalho, casa… Isso tudo somado à sociedade machista em que vivemos, gera um peso enorme sobre a mãe mulher”, completa a ginecologista da MedMais.

Para conferir o bate papo completo “Binômio mãe – filho: discutindo a saúde da mulher e os desafios da maternidade” clique aqui.

Quer ter um acompanhamento de um profissional e mais qualidade de vida? Agende sua consulta de forma online, pelo telefone 3031-6269 ou WhatsApp 32 99813-4294:

Av. Getúlio Vargas, 209 - Centro - Juiz de fora - MG

R. Martins Barbosa, 175 - Benfica - Juiz de fora - MG

Outras Notícias

Mais Saúde
A importância do Outubro Rosa na prevenção do Câncer de Mama

Mais Saúde
Cuidados com o colesterol: como se cuidar e evitar doenças cardiovasculares

Mais Saúde
Obesidade Infantil: pediatra destaca principais impactos na saúde da criança e orienta para a prevenção